Dashboard operacional: Análise em tempo real da performance da empresa

“Informação é poder”, isso é o que é mais dito no meio industrial ou em qualquer outra empresa. No entanto, se há um excesso de informação, o que fazer? Nesse momento, entra o dashboard operacional.


Afinal, o excesso de informações pode dificultar a análise das operações, pois o analista tem que “separar o trigo do joio”. Agora, se houver uma forma de simplificar as informações para torná-las relevantes rapidamente, a história é outra.


Prossiga com a leitura do artigo e confira como montar um dashboard online que atenda aos critérios de sua empresa!


Antes de tudo, o que é um dashboard?

“Uma informação sintetizada é mil vezes mais relevante ao gestor, pois já está pronta para uso empresarial.” O dashboard se trata de um painel digital que apresenta de maneira centralizada um conjunto de informações. Tais informações costumam ser indicadores de desempenho e métricas de avaliação dos resultados.

Com essas informações simplificadas numa tela, o dashboard permite uma melhor tomada de decisões e coordenação de equipes. Afinal, através da tela disponibilizada para toda a empresa, todos tem acesso à informação. Além disso, atende a mais de um propósito, agrupando dados específicos para a estratégia em foco. Por exemplo, pode atuar na melhoria dos processos de uma empresa, se tornando um dashboard operacional.


Como as informações são exibidas na tela?

Os dados que podem ser exibidos são indicadores operacionais (índice de desperdício de matéria-prima, relatório de máquinas ociosas). Também podem ser exibidos dados sobre processos de produção e tantos outros.

A visualização desses dados pode ocorrer de maneira geral ou por informações divididas em categorias. Tais indicadores de processos são exibidos com atualização em tempo real!


Por que é importante ter um dashboard na empresa?

Possuir dashboard instalado em sua empresa permite um acompanhamento eficiente das operações. Basicamente, possibilita a transparência da empresa, com telas instaladas em cada setor dela.

Com isso, todos os setores ficam integrados ao objetivo do seu negócio, ocorrendo:

  • Melhoria na gestão: o gestor obtém controle dos processos e se torna mais capaz de identificar e corrigir erros operacionais;

  • Melhoria na cultura empresarial: toda a equipe consegue se unificar ao objetivo da empresa acompanhando em primeira mão os indicadores e métricas;

  • Padronização dos dados: menor chance de erros e falhas de comunicação, pois os números são padronizados para todos;

  • Previsão de tendências: por meio de números constantemente atualizados, se torna mais fácil prever problemas e tendências negativas.

Tudo isso pode ser visto nos três tipos de dashboard: analítico, tático e operacional. Vamos focar no último!


O que é o dashboard operacional?

“Para o gestor de uma empresa, não há nada melhor do que ser capaz de unificar toda as operações e processos numa única tela.

Dentre os tipos de dashboard, o dashboard operacional é um dos mais interessantes para gestores. Ele geralmente apresenta indicadores e métricas importantes para bom desempenho operacional.


Com isso, são utilizados por analistas para correção de erros e falhas nos processos empresariais. É um tipo de dashboard com indicadores de processos que atua no curto prazo da empresa.


E há algum exemplo de dashboard operacional?


  • Painéis com informações em tempo real sobre a produção fabril;

  • Painéis com disponibilidade da infraestrutura de TI ou rede de telecomunicações;

  • Monitoramento de entregas;

  • Painéis com dados sobre preços praticados pela empresa, estoque, anúncios, etc.

  • Outro exemplo de dashboard operacional é o acompanhamento de equipe em service desk, ou seja, monitoramento de desempenho.


Qual é a importância de um dashboard com indicadores de desempenho operacional?

Um dashboard com indicadores de desempenho permite um monitoramento em tempo real do andamento e evolução de diferentes projetos. Dessa forma, o gestor é capaz de acompanhar uma demanda em tela, observando se está indo bem ou mal.


Além disso, há compartilhamento dos indicadores que indicam o sucesso ou falha dos processos envolvidos. Não só o gestor, mas também os colaboradores têm noção do andamento, permitindo maior engajamento de equipe.


Por exemplo, imagine que sua equipe foque em determinada tarefa na empresa. Sem perceber, eles executam uma tarefa pouco lucrativa à empresa, em detrimento de outra mais produtiva.

Através do dashboard com indicadores de desempenho, é possível perceber isso e propor uma mudança de execução. Com sua equipe também tendo acesso aos indicadores, eles mais facilmente aceitam essa mudança e se adaptam.


E o que são os indicadores operacionais no dashboard?

Afinal, o que são os indicadores operacionais utilizados no dashboard operacional? Antes de tudo, são indicadores voltados ao curto prazo da empresa, que se relacionam com os processos operacionais da mesma.


Esses indicadores envolvem colaboradores de todos os níveis, com cada indivíduo podendo contribuir com os objetivos da empresa. Posto dessa forma, são atribuídos a cada pessoa, com cada um contribuindo pessoalmente.

Por exemplo, se o objetivo da empresa é a redução de despesas, até mesmo o zelador teria seu indicador operacional. Outro dos indicadores de processos poderia ser quantidade de atendimentos realizados por dia.

Tal indicador englobaria mais de um cargo numa empresa de saúde, com cada um lidando com ela pessoalmente.


Como os indicadores de processos em um dashboard impactam na empresa?

Com o estabelecimento dos indicadores de desempenho numa única tela, haveria um alinhamento estratégico de todos os colaboradores. Tendo isso, haveria sinergia entre equipes, o que consequentemente levaria a uma maior eficiência.


Por fim, todos os funcionários teriam a mesma oportunidade para identificar falhas e oportunidades no processo. Com isso, cada um contribuiria ao seu jeito para melhora operacional da empresa!


Como montar um dashboard operacional?

Agora que tem uma noção do que é um dashboard operacional e qual sua importância, é momento de montar um dashboard online. Para isso, é importante tomar alguns passos e contar com o criador de dashboard certo. Confira tudo isso agora!


Passo 1: Defina seus indicadores

Primeiro, defina os indicadores mais apropriados para o seu objetivo, que são mais relevantes de estarem no painel. Por exemplo, velocidade de produção, taxa de turnover da equipe, etc.

Contudo, não defina indicadores muito complexos ou muito difíceis de monitorar. Tente se manter o mais simples possível, de forma que toda sua empresa entenda e se alinhe ao objetivo!


Passo 2: Escolha o seu criador de dashboard

Aqui, a melhor indicação é o criador de dashboards da XPBoards, que utiliza de uma tecnologia que simplifica a conexão aos mais diversos “endpoints”. Com isso, uma carga bruta de dados se torna em informações assertivas para tomadas de decisão.

Além disso, a XPBoards permitem uma transmissão de telas em tempo real, ideal para hospitais, laboratórios, varejos e qualquer negócio que precise de informação rápida. No entanto, a melhor parte é a montagem de dashboard.


Passo 3: gráficos e escolha de cores

Na montagem do dashboard online, é importante escolher as melhores representações em gráfico, de forma que ocorra a melhor interpretação pelos colaboradores. Por exemplo, gráfico em barras pode ser mais útil do que gráfico em pizza.

Além disso, não se deve ignorar a escolha de cores, pois cores fortes demais e muito chamativas podem ser cansativas à leitura. Na hora de montar o dashboard, pense num bom nível de contraste e visual mais “clean”.


Novamente, os dashboards da XPBoards se destacam por apresentarem diversos modelos de gráficos, mídia, textos, painéis e até calendários. Junto disso, apresenta sistema user-friendly, onde basta “arrastar e soltar” para criar seu painel.


Passo 4: espalhe as telas pela empresa

Após montar seu dashboard operacional, é hora de espalhar o painel por diversas telas na empresa. Busque privilegiar espaços estratégicos, de forma que proporcione uma visão centralizada dos processos.

Além disso, não se esqueça de agendar reuniões e eventos para apresentar os dashboards criados. Com isso, os colaboradores estarão mais engajados nessa gestão transparente!


Conclusão

Como pode ver, a transparência da informação é algo essencial para maior sucesso de uma empresa. Com isso, há sinergia entre colaboradores e gestor para corrigir e aprimorar os processos da empresa. Contudo, deve-se contar com a melhor ferramenta.


Por meio do dashboard operacional da XPBoards, você pode criar um painel compacto, claro e intuitivo. Com isso, você tem uma forma completa de distribuir e apresentar informações impactantes. Confira agora a solução adotada por várias empresas!

© 2020 por XPBOARDS. Um produto LongView. Todos os direitos reservados. Política de privacidade